Óleos essenciais na gravidez podem ser usados?

Óleos essenciais na gravidez podem ser usados? Neste post você vai saber quais são os tipos de óleos proibidos durante a gestação e amamentação. Para saber mais, leia o post completo.

 

Óleos essenciais na gravidez podem ser usados?

 

Olá meninas, tudo bem?

O Cabelos de gestantes devem ser tratados normalmente, com hidratações, reconstruções e umectações com óleo vegetais. A única restrição é com relação a alguns tipos óleos essenciais que devem ser evitados. Por exemplo o óleo de Alegrim que pode ser usado para estimular o crescimentos dos cabelos, durante a gestação ele esta proibido. Guarde essas informações e tome como base, porém não dispense a orientação do seu médico, pois o texto é apenas informativo.

Os óleos essenciais são altamente concentrados, por exemplo: uma gota de óleo essencial de camomila, equivale a 20 xícaras de chá da erva. E justamente por serem concentrados, os óleos essenciais nunca devem ser usados na pele sem diluição adequada (em óleo vegetal geralmente), eles agem de maneira eficaz no tratamento da pele e de inúmeras doenças, mas devem ser usados com cautela e em alguns casos evitados.

Alguns óleos essenciais possuem elementos químicos que podem ocasionar contrações uterinas e levar a abortos ou alteração na pressão sanguínea, entre outros problemas. Os óleos essenciais que possuem propriedades emenagogas que também não são indicados para gestantes, porque induzem à menstruação. Além da aplicação, até mesmo o cheiro forte característico de alguns óleos essenciais, devem ser evitados por gestantes. A aromaterapia para crianças, gestantes, epiléticos e idosos deve ser sempre acompanhada por um profissional habilitado.

Óleos essenciais na gravidez podem ser usados?

Óleos essenciais na gravidez podem ser usados nos cabelos?

Grande parte dos óleos essenciais não devem ser usados por mulheres grávidas ou em amamentação, pois são capazes de ir para a corrente sanguínea podendo prejudicar o bebê de alguma forma, trazendo uma eventual intoxicação, ou até provocar aborto, além disso pode agravar qualquer efeito indesejado da gravidez como pressão alta. O aborto pode ocorrer com o uso de óleos essenciais que tenham propriedades emenagogas que estimulam o “descolamento” de parte do endométrio (tecido que reveste a parede interna do útero).

Umectação durante a gravidez pode?

Abaixo selecionei alguns óleos essenciais que são considerados perigosos durante a gravidez, assim como podem ser prejudiciais para o bebê, podem ser igualmente tóxicos para a mãe, podendo causar danos graves.

Óleos essenciais que devem ser evitados durante a gravidez (uso interno e externo) na Pele ou nos Cabelos

Alecrim (Rosemary)
Arruda
Arnica
Anis
Artemísia
Bétula
Cravo (Clove)
Canela (Cinnamon)
Cássia
Cânfora (Camphor)
Cipreste (Cypress)
Cedro (Cedarwood)
Camomila (Chamomile)
Erva-doce ou funcho (fennel)
Gengibre
Hortelã-pimenta (peppermint)
Hissopo
Junípero (Juniper)
Jasmim (Jasmine)
Manjericão
Mirra (Myrrh)
Manjerona (Marjoram)
Mostarda (Mustard)
Orégano
Pimenta preta (black pepper)
Poejo
Rosa
Sassafras
Sálvia (Sage)
Savin
Salsa
Tomilho (Thyme)

Os produtos que contém esses tipos de óleos devem ser evitados também, mas como identificar o óleo essencial na fórmula?

No final da fórmula do produto, aparece o nome científico da planta seguido de “essential oil”, exemplo: Rosmarinus officinalis essential oil é o óleo essencial de alecrim (Rosemary inglês). Às vezes o óleo essencial não vem explícito, pois alguns produtos usam “parfum ou fragrance” de origem natural, ou seja, foi feito uma mistura de óleos essenciais para criar aquele cheiro, neste caso você deve perguntar para a marca qual óleos essenciais foram usados para criar a fragrância natural do produto.

Saiba os tipos de óleos que gestantes e lactantes podem usar sem problemas: Quais óleos vegetais que gestantes podem usar.

Leia também: Como cuidar de cabelos de crianças?

Um super beijo!…

 

Júlia Doorman

4.1/5 - (14 votes)

47 thoughts on “Óleos essenciais na gravidez podem ser usados?

    1. Olá Ju
      Estou grávida de 29 semanas , infelizmente não tinha o conhecimento que óleos pode prejudicar a gravidez , recentemente fiz umectação com óleo de alecrim de um dia pro outro . Graças a Deus está tudo bem com a baby , obrigada pela informação .

Deixe um comentário